loader image
102-14
MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO
Nós, da Minerva Foods, estamos diante de um ambiente novo, que levará o mercado mundial de carnes e proteínas a outro patamar, processo que já estava em curso nos últimos anos e foi intensificado com a incidência da febre suína africana na China. Trata-se de uma mudança estrutural que tem forte impacto na segurança alimentar e altera hábitos de consumo na Ásia, privilegiando a carne bovina.

Fernando Galletti de Queiroz

CEO 102-23

Nesse cenário, os exportadores da América do Sul despontaram pela primeira vez como price makers por um grande período do ano: as origens com alto padrão de controle sanitário passam a ter mais força na precificação, desafiando a Minerva Foods a aproveitar a oportunidade com um modo diferente de fazer negócio. Nossa empresa está inserida nesse contexto de maneira privilegiada no setor.

Isso porque, de 2017 para cá, a Minerva Foods concluiu sua estratégia de diversificação geográfica dentro e fora do Brasil, passando a operar por meio de cinco países de maneira integrada, ao mesmo tempo em que construiu uma base comercial de vendas extremamente eficiente e focada em nichos de mercado. Essa estrutura nos proporciona a flexibilidade necessária para fornecer produtos diferenciados de acordo com a demanda de cada país, além de ampliar o leque de indústrias habilitadas para uma diversidade maior de mercados.

Em 2019, esse modelo de negócios foi fundamental para o sucesso de nossas operações. Sem reduzir atividades nos mercados internos nos quais estamos inseridos – no Brasil e nos países onde atuamos por meio de nossa subsidiária Athena Foods (Argentina, Colômbia, Paraguai e Uruguai) –, conseguimos atender com agilidade ao expressivo crescimento na demanda de mercados emergentes, especialmente a China. Com isso, a Minerva Foods encerrou o ano com as vendas externas respondendo por 66% de sua receita bruta, firmando ainda mais o posicionamento de maior player na exportação de carne bovina na América do Sul, com 20% de market share.

Em relação aos resultados globais, a receita bruta consolidada da Minerva Foods atingiu o volume recorde de R$ 18,2 bilhões, superando em 6% o resultado de 2018, mesmo percentual de aumento da receita líquida na base anual, que alcançou R$ 17,1 bilhões. O fluxo de caixa livre, ajustado pelas despesas não recorrentes, foi de R$ 787,0 milhões, e a alavancagem financeira caiu ao menor patamar dos últimos anos: 2,8x.

Os números refletem não apenas uma conjuntura de mercado, mas o acerto de um plano de negócios alicerçado em critérios rigorosos de governança corporativa e eficácia na gestão de riscos e no engajamento de todo o time em torno de uma cultura empresarial que preza, acima de tudo, a qualidade dos produtos e a satisfação dos clientes.

 Consideramos que o trabalho desenvolvido na Minerva Foods nos últimos anos nos preparou para as oportunidades e os desafios que temos pela frente. Vamos manter o foco em resultados, atentando para a desalavancagem da dívida e buscando permanentemente a melhoria do retorno sobre o capital investido e da gestão de caixa, entre outros aspectos. Acreditamos no sucesso da estratégia de diversificação geográfica da Minerva Foods, especialmente nas vendas, e no êxito do aprimoramento contínuo da eficiência operacional e comercial, sempre com o olhar atento ao potencial dos mercados emergentes.

Os aspectos de maior atenção no movimento do mercado global são o alcance da febre suína africana e as inevitáveis transformações provocadas pela pandemia do novo Coronavírus, as disputas comerciais entre países – o que abre grande oportunidade para os produtores da América do Sul – e a sustentabilidade, que não só diferencia as empresas como também vem expandindo um segmento de mercado diferente para o consumidor em todo o mundo.

Especificamente em sustentabilidade – área na qual a Minerva Foods jamais deixou de evoluir, adotando uma gestão com foco em inovação e práticas em nível de excelência –, oferecemos ao mercado um sistema de rastreabilidade com monitoramento geoespacial que nos garante 100% de conformidade ambiental, trabalhista e regularidade fundiária na carteira de fornecedores no bioma Amazônia, condição muito exigida pelos investidores em 2019 e que deverá se manter em razão da importância da região para o planeta.

No mundo pós-coronavírus, o fato de a Minerva Foods produzir de forma inovadora e extremamente eficiente, com custo mais competitivo e com total respeito à natureza, nos permite oferecer produtos de qualidade diferenciada em qualquer parte do mundo.

Atentos aos movimentos do mercado global, abertos a inovações, rigorosos na gestão de riscos e sempre em busca da excelência em todas as áreas, nós, da Minerva Foods, estamos confiantes em nosso pleno preparo para crescer nesse novo e promissor cenário do mercado mundial de proteínas.